Logotipo - Somos por nós, mulheres!
Logotipo - Somos por nós, mulheres!

Artigo

Somos por nós, mulheres!

Denise Pessôa, vereadora do PT e presidente da Câmara Municipal de Caxias do Sul de 2022

Colunista - Redação

Redação

redacao@serraempauta.com
07.03.2022 - 16h48min

Gabriel Lain/Câmara Caxias/Divulgação
Foto Principal - Notícia

A representatividade feminina precisa ser compreendida como uma necessidade e não apenas como uma conquista. É preciso que a mulher tenha espaço para lutar por todas e todos. No município de Caxias do Sul, mais especificamente na Câmara Municipal, aos poucos, essa percepção tem se alargado.

selo-salto-ventoso.jpeg

Mais artigos:
É preciso modernizar a Casa
Eleições 2022: calendário eleitoral
Jovem aprendiz: uma experiência para a vida
Reencontro com a vida legislativa
Legislativo em movimento

Pela primeira vez na história, o Legislativo conta com cinco mulheres titulares (21,73%) entre os ocupantes das 23 vagas do plenário. É um visível sinal de que o povo, por meio do voto, vem ampliando as apostas no público feminino. Entretanto, há muito espaço para os percentuais dessa representação avançarem ainda mais.

Em 130 anos de poder Legislativo, apenas três mulheres chegaram a seu comando. De forma inédita, neste ano, a presidência e a vice-presidência, ao mesmo tempo, são guiadas por mãos femininas.
Como uma amostra de que os espaços de liderança estão se abrindo para as mulheres, das três direções que acompanham a Mesa Diretora 2022 (Geral, Legislativa e Administrativo-Financeira), duas (66,6%) contam com servidoras à frente. Se olharmos para o lado, na prefeitura, 30% das unidades do alto escalão trazem mulheres na chefia.

"O caminho a seguir é longo, sabemos, mas possível".

Estamos nos movendo, mas precisamos de mais respaldo e reconhecimento. Na Assembleia gaúcha, por exemplo, das 55 cadeiras, apenas nove (16,36%) acolhem a presença feminina. Temos significativas condições de aumentarmos a participação na política, ainda mais se levarmos em conta que tanto o número de habitantes quanto de eleitorado é, na sua maioria, formado de mulheres.
Para ilustrarmos, em termos de votantes, de um total de 337.593, Caxias do Sul registra 177.979 mulheres (52,72%) e 159.614 homens (47,28%). O território gaúcho aparece na mesma lógica: do montante de 8.426.641 eleitores, 4.438.532 (52,67%) correspondem ao público feminino e 3.988.109 (47,33%) ao público masculino. Percentualmente, no país, esse cenário se repete: de um eleitorado de 147.586.338, 52,87% (78.035.051) são mulheres e 47,1% (69.519.665) são homens.

O caminho a seguir é longo, sabemos, mas possível. A solidariedade entre as mulheres; a parceria e o apoio dos homens, a começar pela atuação nas siglas partidárias; e a confiança da comunidade são imprescindíveis para ampliarmos o universo de oportunidades a quem, infelizmente, ainda responde por duplas, triplas e até quádruplas jornadas; a quem ainda recai a maior responsabilidade sobre a criação dos filhos; a quem, muitas vezes, cabe o sustento da casa e, por incrível que pareça, em algumas situações, torna-se alvo de violência pelo companheiro que deveria amá-la.
É por nós, mulheres, que estamos aqui. Somos por todas que lutam com coragem. Somos por nós, mulheres!

Denise Pessôa, vereadora do PT e presidente da Câmara Municipal de Caxias do Sul de 2022.

Leia também:
Prefeitura apresenta novamente ao Dnit projeto executivo de viaduto na Perimetral Norte em Caxias
ONG Construindo Igualdade abre nova turma de auxiliar de cabeleireiro
Ano letivo do Grupo Uniftec inicia nesta segunda-feira, com aulas presenciais
Fazenda Souza é campeã dos Jogos Coloniais da Festa da Uva 2022
A gente entregou um belo espetáculo, diz presidente da Festa da Uva 2022

Tags:

Artigo Denise Pessôa vereadora presidente da Câmara de Caxias 2022 Dia das Mulheres Caxias do Sul