Logotipo - 'Uma Feira de todos'
Logotipo - 'Uma Feira de todos'

Artigo

'Uma Feira de todos'

Denise Pessôa, deputada federal

Colunista - Redação

Redação

redacao@serraempauta.com
10.10.2023 - 11h12min

Marcelo Tavares/Divulgação
Foto Principal - Notícia

Caxias do Sul respira cultura! Durante 17 dias, os livros fazem a festa na Praça Dante Alighieri. É a Feira do Livro que chega para movimentar a economia, fomentar o conhecimento e valorizar nossos escritores locais. É aquele momento do ano em que a Praça Dante ganha mais vida e cor! Parabéns para a Amiga do Livro, Aline Luz, e para o Patrono, Francisco Michielin, que tiveram seus trabalhos reconhecidos com os títulos que receberam esse ano. E, assim como eles, Caxias tem uma série de talentos na literatura e em diversos setores culturais. Além dos livros, a Feira oferece palestras, exposições, contato com escritores e outras atividades ligadas à educação. É a hora em que se fortalece a identidade cultural de nossa cidade e se promove o orgulho e a valorização da nossa herança literária.

selo-salto-ventoso.jpeg

Mas a cultura que nos alegra, nos faz refletir e representa nossos costumes, é a mesma que precisa de investimento para continuar pulsante. Após um período de fortes dificuldades para o setor, o governo federal voltou a incentivar os produtores culturais brasileiros. O nordeste gaúcho, por exemplo, tem quase sua totalidade de municípios inscritos na Lei Paulo Gustavo. Serão mais de R$ 12 milhões investidos pelo governo federal na cultura da região. Em Caxias do Sul, a verba é estimada em mais de R$ 3,8 milhões para os projetos culturais produzidos na cidade. Já a proposta da 34ª Festa Nacional da Uva 2024 foi aprovada pela Lei Rouanet e possibilita que os organizadores busquem os recursos necessários para a Festa. Isso significa investimento direto na cultura local e na valorização dos artistas de nossa cidade.

Desejo que, em um futuro próximo, a nossa querida Feira do Livro receba ainda mais incentivo e valorização por parte do poder público municipal. Que ela cresça e ocupe cada vez mais a Praça Dante. Mesmo com a queda no número de livrarias físicas em nossa cidade nos últimos anos, a cultura resiste e nossos autores estão cada vez mais fortes e talentosos. Que a literatura tome conta de nossos corações e de nosso cotidiano não só durante a Feira, mas em todos os dias de nossas vidas.

Leia mais:
Restaurante de Caxias elege novo prato para integrar cardápio fixo
ONG de Caxias lança banco de currículos para pessoas LGBTQIA
Adoção de cães estampa sacolas de rede de supermercado em Caxias
Maria Klart lança obra de prosa poética na Feira do Livro de Caxias
Limpeza em parte da Maestra recolhe 7 toneladas de lixo em Caxias

Tags:

Artigo 'Uma Feira de todos' cultura Feira do Livro Denise Pessôa